quarta-feira, dezembro 23, 2009

2010

esse ano quero privacidade
quero sossego e paz

terça-feira, dezembro 08, 2009

tempestuoso tempo

estou em um momento revelador
onde as cortinas se abrem
e não encontro o sentido
estou em um momento assustador
chamado tempo
que amedronta e me faz ver imagens daquilo que não sou mais
me vejo na memória daquilo que gostaria de ser nesse momento
estou em um momento de projetos e sonhos
que perdem o momento pelo sentido
estou sem momento nesse exato tempo
onde o sentido da vida
perde-se
estou na morte ,no limbo e na escuridão
desse minha experiência onde não compreendo o tempo
ou gostaria de não entende-lo
talvez boicotá-lo
estou na vida sem sossego
até poder um dia aceita-la
até poder um dia vive-la intensamente
através de uma só imagem
chamada hoje

vaidade

meus sentidos na leitura da imagem
atrapalham
meus sentidos no tempo
me enganam
meus sentidos me saciam
meus sentidos me entorpecem
meus sentidos tiram o sentido
e
não encontro a dualidade em minha alma
só no apego ao pensamento que não deixo de ser
no não sou sagrado só existe o que deixa de ter o sentido
a materia esvanece ...
minha alma se liberta

segunda-feira, dezembro 07, 2009

A consciência é ciente de tantas coisas e tão pouco ciente de si mesma !