domingo, julho 03, 2011

não mais

peculiar são os momentos que deixamos de ser
que nos permitimos as mais atrocidades
as mais descabidas humilhações
peculiar é ser acometida por situações desnecessárias
arbitrarias
surpreendida pela psicopatia do doce cruel