terça-feira, agosto 23, 2011

a vida é para ser transformada
essa transformação começa em nossos pensamentos
tudo pode ser diferente e extraordinário
quando se quer
...é lutar contra o que resiste para mudar
as vezes é necessário nadar contra a correnteza

segunda-feira, agosto 22, 2011

me protegendo





vai ser muito difícil me abrir novamente
fase de recolhimento

domingo, agosto 21, 2011

em conflito perpétuo

Descreve-se aqui alguém que levou o conflito até seu amargo fim, Porém, sua felicidade não durará. Ele será atacado continuamente e o resultado é um conflito sem fim.

A vontade de se superar um afeto não é, em última análise, senão vontade de um outro ou de vários outros afetos
Friedrich Nietzsche

não tenho mais referência de afeto

a ferida vai fechar com o tempo
mas vai ficar uma cicatriz enorme
representando minha impotência
derrubando minha onisciência em relação ao amor



terça-feira, agosto 16, 2011

exausta


tentando atravessar as paredes profundas de um poço
que representa seu enorme vazio
sua existência sem sentido
sem direção
corre o risco dela se afogar

segunda-feira, agosto 15, 2011


quem sou eu e quem é o outro? Até que ponto eu vejo o outro como outra pessoa, até que ponto perco a objetividade e o vejo como um espelho de mim?
de fato muito chato quando planejamos as coisas, quando criamos toda uma idéia de como proceder, de como agir, e ocorrem imprevistos que nos levam a ter que replanejar tudo.

donde estás?

onde se encontra ela
aquela meia menina meia mulher

lembro dela
exatamente assim há 6 anos atrás

aquela que vivia sorrindo
que apreciava a natureza
que brincava
aquela forte garota no trabalho


para onde ela se foi?

aquela engraçada menina
desengonçada
tímida
atrapalhada
e sensual
que muitos admiravam

onde está ela?

sonhadora
simples
ingenua
idealista


será que um dia ela vai voltar?


meio ano de tempestade

dentro da tempestade , pude perceber os caminhos que a partir de agora preciso trilhar
estou exausta nesse momento
mas confiante em meu universo
que minha natureza se dissolva em mim mesma
que minhas direcções e contextos separam -se
despeçam -se
para esse novo recomeço
que no meio melancólico e frustrante da perda
da rejeição
eu novamente possa me encontrar
em meios cacos e acordar
para uma nova partida
uma nova viagem
de reconhecimento



"Você tem que parar para mudar de direção."

Erich Fromm
Aprender é mudar posturas" Platão